RSS

domingo, 26 de junho de 2011

Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados à glória que em nós será revelada. 
Rm. 8.18

Total de visualizações de página